fbpx

Versão de “Cinderella”, de Andrew Lloyd Weber, estreia em Londres

Enquanto a vacinação segue a passos largos na Europa e nos Estados Unidos, os produtores fazem planos e ensaios-testes para a retomada econômicas dos teatros. Um destes espetáculos que estreou recentemente foi “Cinderella“, o clássico reimaginado pelo famoso compositor Andrew Lloyd Webber com adaptação de Emerald Fennell, atriz e dramaturga por trás de séries como “Killing Eve”.
O espetáculo estreou antes da reabertura oficial dos teatros em West End, (marcada para 19 de julho deste ano) com 50% de capacidade do teatro Gillian Lynne e respeitando medidas preventivas contra o coronavírus. A abertura do espetáculo gerou um certo “atrito” entre Lloyd Webber e as autoridades do Reino Unido, incluindo o Primeiro Ministro Boris Jonhson.
O compositor recusou que o espetáculo fizesse parte do teste para retomada dos eventos presenciais “de modo normal”, como outros setores estão participando em Londres. Recentemente, Lloyd Webber e outros representantes da indústria da música e teatro entraram na justiça para forçar o governo do Reino Unido a divulgar resultados dos testes com eventos. Segundo o compositor, famoso por obras como “Evita”, “Cats” e “O Fantasma da Ópera”, o governo vem usando esses dados para “amodarçar” a indústria cultural e direcionar o foco para eventos esportivos, com a chegada do verão no país.
Esta versão traz um releitura para o espetáculo, modernizando a narrativa de Cinderella, largamente explorada pela indústria cultural – o que inclui uma animação da Disney e um musical de Oscar Hammerstein e Richard Rodgers. A protagonista é Carrie Hope Fletcher, que vive a personagem título.

Receba as novidades

Inscreva-se e entraremos em contato com você

Atores e Modelos
Entre em contato
#SouFive

Clientes

Conheça alguns clientes Five

2020 © Desenvolvido com  por T4M | This is For Media