Autoral, “Evoé, O Musical” flerta com obra de Bob Fosse e inicia largada de musicais presenciais no RJ

A vida de um artista é cheia de altos e baixos. E, em meio a esse movimento, partindo do da premissa do filme “All That Jazz”, de Bob Fosse, o CEFTEM e o diretor João Fonseca levam ao palco do Teatro Prudential no Rio de Janeiro o autoral “Evoé – O Musical“, em curta temporada. O espetáculo leva ao público a trajetória de Jô, um profissional das Artes – diretor teatral – que sofre um infarto por conta do estresse ocasionado pelo desenvolvimento de uma nova peça.
O evento leva o personagem a refletir sobre os limites da criatividade, vida e morte. Em cena, a produção propõe um jogo cênico em que a cada sessão um ator e uma atriz – Reiner Tenente e Luiza Carneiro – se dividem para interpretar o protagonista. Os dois também compartilham o papel de Jô com Pablo Marcell e Ligia Bié, em sessões e elencos alternados. Há ainda um terceiro elemento neste jogo teatral – a morte, presença constante que ronda a vida do personagem.
A trama também dialoga no formato com o filme premiado de Fosse, ambientado nas mesmas circunstâncias. A diferença está nas reflexões pessoais de João Fonseca, que introduz passagens de sua vida como diretor de cinema e teatro no contexto deste espetáculo.
O musical leva no título uma expressão bastante familiar dos mais chegados ao teatro, “evoé”, expressão que remete ao teatro grego antigo e aos cultos a Dionísio, deidade do vinho, festejos e patrono do teatro. Traduzindo para o nosso contexto, o mais próximo seria uma brado de felicidade e entusiasmo pelo fazer teatral. A direção é de Nello Marrese e João Fonseca, que também assina o texto e composições, ao lado de tony Lucchesi, responsável pela direção musical.

Receba as novidades

Inscreva-se e entraremos em contato com você

Atores e Modelos
Entre em contato
#SouFive

Clientes

Conheça alguns clientes Five

2020 © Desenvolvido com  por T4M | This is For Media