Netflix anuncia série documental sobre caso Elize Matsunaga

Um dos crimes de maior repercussão do Brasil, o assassinato de Marcos Kitano Matsugana, vai ganhar uma série na Netflix. Focada na trajetória da assassina, Elize Kitano Matsunaga, a produção explora diferentes perspectivas do caso.
Elize Matsunaga: Era Uma Vez Um Crime estreia nove anos após o brutal assassinato do empresário paulista. O caso tomou conta da mídia em 2012 e surpreendeu pela forma que a dona de casa escolheu para executar o crime. O diretor executivo da empresa alimentícia Yoki foi esquartejado pela esposa após ser atingido por um tiro.
A Netflix também disponibilizou nesta terça-feira (15) o trailer da série. No vídeo a Elize declara, “Ainda não sei dizer que tipo de emoção fez eu apertar aquele gatilho”. No teaser também é possível ouvir uma testemunha declarar que o julgamento de Elize “foi completamente machista”.
Elize Matsunaga: Era Uma Vez Um Crime terá quatro episódios, cada um contando com 50 minutos de duração. A série contará com depoimentos de familiares e amigos da assassina, assim como da vítima.
A produção também colheu depoimento de jornalistas que tiveram contato com o caso na época e entrevistas com advogados e peritos criminais.
Em uma entrevista recente, a diretora da série, Eliza Capai, falou sobre a responsabilidade de abordar um caso tão público quanto este:
“Senti uma responsabilidade moral muito grande em dirigir essa série. Não só pela família do Marcos e pelos amigos que sofreram com essa tragédia, mas também pela família da Elize, pessoas que não sabiam de nada daquilo, mas que também sofrem as consequências até hoje”, afirmou.
A série terá foco na discussão sobre a natureza do crime cometido pela ex-prostituta. Na época do seu julgamento em 2016 a defesa de Elize apresentou o argumento de que ela teria cometido o crime em um momento de fúria, sendo o mesmo classificado como passional. Porém, a opinião sobre este tema é dividida, uma vez que a promotoria ressalta a natureza cruel do crime.
Sendo assim, estes dois pontos de vistas serão amplamente explorados durante os episódios da série.
Em dezembro de 2016 Elize Matsunaga foi condenada a 19 e 11 meses de prisão por matar e esquartejar o marido. Alguns anos depois a sua defesa continuou a apelar da decisão judicial sem alcançar sucesso. Ela ainda cumpre sua pena hoje em dia na Penitenciária de Tremembé, no interior de São Paulo, e está em regime semiaberto.

Receba as novidades

Inscreva-se e entraremos em contato com você

Atores e Modelos
Entre em contato
#SouFive

Clientes

Conheça alguns clientes Five

2020 © Desenvolvido com  por T4M | This is For Media