fbpx

Curiosidade

Para quem está acompanhando Big Brother Brasil 21 já viu a atriz Carla Diaz. Conhecida por alguns de seus personagens mais marcantes como Maria de “Chiquititas” no SBT, Khadija de “O Clone” e Carine em “A Força do Querer” na Globo. Um de seus mais recentes trabalhos foram os filmes “A menina que matou os pais” e “O menino que matou meus pais” no papel de Suzane von Richthofen e que teve a estréia, prevista para 02 de abril do ano passado, adiada por conta da pandemia.
A curiosidade é que a Five também participou do casting desse longa, justamente para a pesonagem que a Carla foi aprovada! Nossa atriz não foi aprovada, mas ficamos muito curiosos e interessados em assistir.
Sim, ela fez teste, não foi convidada a fazer o papel.
Vejam abaixo alguns depoimentos que a atriz deu para jornalistas sobre esse trabalho.

“Em primeiro lugar, eu tive que me distanciar da história real, desse crime tão horrendo. Eu sabia que ia ser um desafio desde o momento em que aceitei fazer o teste. Mas sabia que tinha em mãos uma personagem que ia me instigar artisticamente”

“Foi um grande desafio quando eu soube que seriam dois filmes. Tinha que desligar muito rápido de uma versão para rodar a próxima, às vezes até a mesma cena, que os autores chamam de cenas-espelho, sequências iguais contadas de maneiras diferentes”

“Para esta personagem tive uma preparação física diferente do que já vinha fazendo. Como farei a personagem desde seus 15 anos, parei com a musculação, já que um corpo mais jovem, e que viveu nos anos 90, normalmente não tinha muitos músculos definidos”

“Assim que fui escolhida para o filme, a direção me pediu para deixar o corpo menos definido, já que eu vinha de uma preparação intensa do Carnaval. Dessa forma, foquei em exercícios mais aeróbicos e sequei cinco quilos”

Vejam o trailer aqui: 

Receba as novidades

Inscreva-se e entraremos em contato com você

Atores e Modelos
Entre em contato
#SouFive

Clientes

Conheça alguns clientes Five

2020 © Desenvolvido com  por T4M | This is For Media