“Batatinha frita 1, 2, 3”, fenômeno!

O grande fenômeno de audiência da Netflix, ‘Round 6’, já foi assistido em mais de 142 milhões de lares em todo o mundo. A produção sul-coreana também tirou ‘Bridgerton’ do topo do ranking das atrações mais vistas da plataforma, jogando ‘Lupin’ para a terceira colocação.
No Brasil, a série também conquistou o público. Além dos memes e versões musicais com a famosa voz da boneca cantando “Batatinha frita, 1,2, 3…”, as buscas pelo termo ‘Round 6’ no Google cresceram 100 vezes, desde o lançamento da produção, em 17 de setembro, segundo dados da Conversion.
Além da narrativa de suspense, que mostra competidores sem dinheiro participando de jogos de vida ou morte em troca de uma quantia que pode mudar suas vidas, a série recebeu aplausos por retratar questões reais que afetam a vida dos cidadãos na Coreia do Sul.
A trama segue os passos de Parasita, o aclamado filme sobre as vidas repletas de contrastes de duas famílias em Seul — que, em 2020, se tornou a primeira produção de língua estrangeira a ganhar o Oscar de Melhor Filme.
O longa conquistou ainda outras cinco estatuetas do Oscar, incluindo de Melhor Diretor para Bong Joon Ho.
Muitos espectadores estrangeiros podiam não estar cientes dos problemas sociais da Coreia do Sul antes, mas isso certamente mudou agora. A seguir, algumas das principais questões sobre a realidade do país destacadas na série.
1) Misoginia
2) A situação dos desertores do Norte
3) Pobreza
4) Exploração de migrantes
5) Corrupção corporativa e política

Receba as novidades

Inscreva-se e entraremos em contato com você

Atores e Modelos
Entre em contato
#SouFive

Clientes

Conheça alguns clientes Five

2020 © Desenvolvido com  por T4M | This is For Media