Os filmes brasileiros com maiores bilheterias na História

Nada a Perder (2018) Com 4 milhões de ingressos vendidos antes mesmo de estrear, a cinebiografia do bispo Edir Macedo , “Nada a perder”, foi a maior bilheteria de 2018.
Os Dez Mandamentos (2016) Adaptação da novela da Record, o épico de Alexandre Avancini vendeu 11.305.479 ingressos. Difícil, no entanto, saber quantas pessoas de fato viram o filme, já que parte dos bilhetes foi comprada pela Universal e distribuída aos fiéis, que não necessariamente foram ao cinema.
Tropa de Elite 2 (2010) O personagem do Capitão Nascimento, vivido por Wagner Moura, cativou tanto o público que a sequência de José Padilha se tornou um fenômeno. Teve público de 11.146.723.
Dona Flor e Seus Dois Maridos (1976) Décadas depois, o clássico de Bruno Barreto segue figurando como um dos maiores fenômenos do cinema brasileiro. Levou 10.735.524 pessoas ao cinema.
Minha Mãe É Uma Peça 2 (2016) O filme de César Rodrigues representa o que costuma dar certo nas bilheterias: comédia comercial fácil de ser digerida. Foram 9.234.363 ingressos vendidos.
Se Eu Fosse Você 2 (2009) Dirigida por Daniel Filho, a comédia leve e divertida estrelada por Glória Pires e Tony Ramos no papel de um casal que troca de corpo, é mais uma prova que sequências são bem recebidas pelos brasileiros. Vendeu 6.112.851 bilhetes.
O Trapalhão nas Minas do Rei Salomão (1977) Um dos dois filmes dos Trapalhões que ainda figuram no top 10. A aventura cômica de J.B. Tanko rendeu uma bilheteria de 5.786.226.
Lúcio Flávio, o passageiro da agonia (1977) Contemplado na lista feita pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) com os 100 melhores filmes brasileiros de todos os tempos, o drama de Hector Babenco conta a trajetória do criminoso Lúcio Flávio, famoso bandido da década de 1970. Vendeu 5.401.325 ingressos.
Minha Vida em Marte (2018) Provando que Paulo Gustavo é garantia de boa bilheteria, a comédia sobre Fernanda (Mônica Martelli) e seu amigo Aníbal (Gustavo) levou 5,3 milhões de pessoas ao cinema.
Dois Filhos de Francisco (2005) Drama musical é outro filão que costuma funcionar no Brasil. A história da dupla Zezé di Camargo e Luciano é uma prova disso. O filme de Breno Silveira vendeu 5.319.677 ingressos.

Receba as novidades

Inscreva-se e entraremos em contato com você

Atores e Modelos
Entre em contato
#SouFive

Clientes

Conheça alguns clientes Five

2020 © Desenvolvido com  por T4M | This is For Media