fbpx

Diferença entre vegano e vegetariano e os outros tipos de preferências alimentares

Há alguns anos, quando falávamos ou ouvíamos falar sobre preferências alimentares as definições que mais eram conhecidas eram as que separavam as pessoas entre aquelas que se alimentam de carne e os vegetarianos. Porém, com o passar do tempo esta realidade foi mudando e diversos outros termos foram surgindo e tomando conta de nosso dia a dia.
Também conhecido como vegetarismo, o vegetarianismo trata-se de um regime alimentar que tem como base principal o consumo de alimentos que tenham a sua origem nos mais diversos tipos de vegetais. Com isso, entende-se que as pessoas consideradas vegetarianas não se alimentam de nenhum tipo de animal, mas podem ter incluídos ou não em suas dietas os laticínios também os ovos.
O próximo tipo de alimentação sobre o qual vamos falar é o veganismo. Nele as pessoas fazem uma dieta que também restringe o consumo de todo e qualquer derivado de animal, inclusive o mel de abelha. Não se trata apenas de uma preferência alimentar, o veganismo é considerado quase que uma filosofia de vida.
Isso porque as pessoas que são suas adeptas não se limitam apenas à alimentação, ou seja, elas também não utilizam roupas, acessórios, produtos de beleza ou o que quer que seja que contenham partes ou tenham sido testados em animais.
Aqueles que vão mais além deixam até mesmo de comer gelatina, já que se trata de uma espécie de colágeno, que é retirado da região óssea de determinados animais.
Seguindo adiante na apresentação das preferências alimentares existentes, outro ponto que é importante abordar é que não existe apenas um tipo de alimentação vegetariana. Dentro dela há também a ovolactovegetariana, que consiste, basicamente, no consumo, não só de vegetais, mas também de alguns alimentos que venham de origem animal, como é o caso dos ovos, laticínios, mel, entre diversos outros produtos.
Um outro tipo de vegetarianismo com o qual podemos nos deparar é o lactovegetarianismo, que faz com que seus adeptos eliminem da alimentação, não só as carnes, como também os ovos e os produtos derivados dele. Nesta dieta o que é permitido comer são os laticínios, como é o caso de leites, queijos, iogurtes, entre outros.
Os crudívoros são aqueles que são considerados veganos, mas que vão ainda mais além, ou seja, eles apenas comem alimentos que estejam crus. Um de seus principais objetivos é prezar pela questão da saúde e do bem-estar, já que, de acordo com alguns especialistas, os alimentos crus são tidos como mais saudáveis pelo fato de preservarem determinadas enzimas e nutrientes, importantes para o nosso organismo, que os cozidos acabam por perder em seu processo de cozimento.
Dentro da categoria dos crudívoros, há também as pessoas que vão além, que no caso são os frugívoros. São indivíduos que comem tudo aquilo que os crudívoros comem, com exceção dos cereais, castanhas e leguminosas, ficando restritos apenas às frutas, folhas e verduras.
Mas no caso das frutas, o frugívoros têm uma particularidade específica, pois eles somente comem as frutas maduras, que tenham caído diretamente do pé.
O pescetarianismo, também chamada de piscitarianismo, é uma alimentação que envolve o consumo apenas de peixes e frutos do mar, além de incluir também ovos, laticínios, hortaliças, frutas, nozes, leguminosas e cereais.

Receba as novidades

Inscreva-se e entraremos em contato com você

Atores e Modelos
Entre em contato
#SouFive

Clientes

Conheça alguns clientes Five

2020 © Desenvolvido com  por T4M | This is For Media