fbpx

Quantas medalhas o Brasil ganhou nas Paralimpíadas

O Brasil encerrou a noite desta quarta-feira no Japão, manhã no Brasil, com medalhas nas Paralimpíadas de Tóquio. Todas conquistadas na mesma modalidade: a natação. Os nadadores Gabriel Bandeira, Gabriel Araújo, Phelipe Rodrigues e Daniel Dias. Veja quantas medalhas o Brasil ganhou nas Paralimpíadas hoje.
O país tupiniquim fechou esta quarta-feira, 25 de agosto, com uma condecoração de ouro, uma prata, mas dois bronzes. O primeiro brasileiro a subir no pódio foi Gabriel Araújo, prata nos 100m costas da classe S2 (deficiência físico-motora). O mineiro de apenas 19 anos ficou atrás somente do chileno Alberto Abarza.
Logo depois, outro Gabriel subiu ao pódio, mas desta vez o Bandeira para garantir o primeiro ouro do país no megaevento paralímpico. Aos 21 anos, o jovem venceu os 100m borboleta da classe S14 (deficiência intelectual), incluída pela primeira vez nos Jogos, e conquistou a segunda medalha do Brasil nas Paralimpíadas.
Com o tempo de 54s76, Bandeira alcançou o novo recorde paralímpico na prova. O britânico Reece Dunn, que é o atual recordista mundial, ficou na segunda posição, e o australiano Benjamin Hance então com a terceira.
Os dois bronzes brasileiros vieram com Phelipe Rodrigues e então a lenda Daniel Dias. Rodrigues competiu nos 50 metros livre da classe S10 (categoria de deficiente físico-motor) e ficou na terceira posição. O australiano Rowan Crothers venceu a prova, mas em segundo lugar ficou o ucraniano Maksym Kripak.
Por fim, Daniel Dias competiu nos 200 metros livre classe S5 (categoria de deficiente físico-motor). O paulista ficou com o bronze, mas subiu ao pódio pela 25ª vez nos Jogos Paralímpicos. O italiano Francesco Bocciardo venceu a prova, com o espanhol Antoni Ponce Bertran na segunda posição.
O nadador Daniel Dias continua escrevendo seu nome na história do Brasil nas Paralimpíadas, ao conquistar mais medalhas. Aos 33 anos, o paulista subiu ao pódio pela 25ª vez no megaevento. Desde Pequim-2008, ele conquista condecorações consecutivas nos Jogos. Ao todo, Dias possui 14 ouros, sete pratas e quatro bronzes, mas ainda tem a chance de conquistar mais cinco medalhas em Tóquio.
Com estes números, Daniel é então o nadador masculino com mais medalhas nas Paralimpíadas. Na modalidade, ele fica atrás somente da norte-americana Trischa Zorn.
Com as quatro medalhas conquistadas para Brasil nas Paralimpíadas, o país está na 7ª posição do quadro de medalhas. A ideia do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), é ficar no top 10, mas feito que os brasileiros conseguem desde 2008.

Receba as novidades

Inscreva-se e entraremos em contato com você

Atores e Modelos
Entre em contato
#SouFive

Clientes

Conheça alguns clientes Five

2020 © Desenvolvido com  por T4M | This is For Media