Vacina contra Covid-19 x vacina contra a gripe: o que você precisa saber

A partir de 12 de abril, o Sistema Único de Saúde (SUS) inicia sua 23ª campanha de vacinação contra a gripe comum, ao mesmo tempo em que promove a vacinação em massa contra a Covid-19 em todo o país.
Ambas as campanhas pretendem imunizar quase 80 milhões de pessoas, o que leva a um duplo desafio para as autoridades de saúde pública brasileiras. O Ministério da Saúde pretende vacinar contra a gripe 90% dos públicos-alvo até 9 de julho (veja quadro abaixo)
Além da grande escala, surgem dúvidas se há necessidade de se tomar os dois imunizantes, qual deles priorizar neste momento, e se o Brasil terá capacidade de manter a vacinação contra Covid-19 e gripe ao mesmo tempo sem causar aglomerações.
“É importante salientar que a campanha de vacinação contra a gripe vai começar com grupos que não são prioritários para Covid-19. Isso foi feito exatamente para desvincular uma campanha da outra”, afirma Juarez Cunha, presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações.
Diante da gravidade da Covid-19 e da ausência de estudos sobre a coadministração das vacinas da gripe e da Covid-19, o Ministério da Saúde recomenda que se dê prioridade à vacinação contra a Covid-19, e somente depois tomar a vacina da gripe.
“Para pessoas que fazem parte do grupo prioritário da vacinação contra influenza e que ainda não foram vacinadas contra a Covid-19 devem ser priorizadas as doses contra a Covid-19 e agendada a vacina contra a Influenza, respeitando um intervalo mínimo de 14 dias entre elas”, segundo nota do Ministério da Saúde.

Receba as novidades

Inscreva-se e entraremos em contato com você

Atores e Modelos
Entre em contato
#SouFive

Clientes

Conheça alguns clientes Five

2020 © Desenvolvido com  por T4M | This is For Media