fbpx

Pesquisa sobre o T-Rex cria controvérsia com cena icônica de Jurassic Park

Jurassic Park é um filme icônico que mostrou dinossauros da maneira mais realista e fantástica para a época. Contudo, fato e ficção se misturam na produção de Steven Spielberg que dá várias informações sobre os animais pré-históricos.
Algumas informações se mostraram verdadeiras, mas outras acabaram refutadas com novas pesquisas sobre dinossauros feitas ao longo dos anos.
E uma nova pesquisa desfaz totalmente uma das cenas mais icônicas de Jurassic Park: a que a T-Rex persegue um carro.
De acordo com o site Cinema Blend, a revista Royal Society Open Science publicou uma pesquisa sobre o movimento do Tyrannosaurus Rex. No filme é mostrado que ele consegue 50 km/h, porém a pesquisa mostrou que o gigante não é tão veloz quanto se imagina.
A pesquisa mostrou que o Tiranossauro movia-se quase no mesmo ritmo de um ser humano, cerca de 4 km/h, ou seja, a velocidade de uma caminhada.
Descobertas anteriores disseram que é improvável que a criatura pudesse ter se movido mais rápido do que 28 km/h, pois corria o risco de sua massa quebrar seus ossos.
O que chama a atenção no novo estudo é o fato de que, ao contrário das investigações anteriores, foi trabalhado sobre como acomodar totalmente o impacto que a cauda do T-rex teria em seu movimento.
Determinando exatamente como o apêndice se moveria com o resto do corpo, os pesquisadores usaram fósseis e modelos de computador e descobriram que o dinossauro provavelmente se moveria a 4,5 km/h enquanto caminhava e conservava energia.

Receba as novidades

Inscreva-se e entraremos em contato com você

Atores e Modelos
Entre em contato
#SouFive

Clientes

Conheça alguns clientes Five

2020 © Desenvolvido com  por T4M | This is For Media